NEANDERTAL

Futebol na Vila

Postada em 2012-08-04, por: Virginia de Azevedo e lida: 3564 vezes!


Futebol na Vila

            A Vila andava parada demais, só falavam de mulinha, lanchinhos, isso aí até cansou. Aí alguém teve uma grande ideia. 

-Quem sabe façamos uma grande partida de futebol?
-Onde?
-Ora, na última pracinha inaugurada meu!
-Mas qual é a maior delas?
-Vejamos...ah, já sei: na Santa Isabel.
-Lá? mas porque? Tudo é lá meu.
-Por isso mesmo.

            Escalando times

            Cotoco, Broda, Vargas, Godoy e seus “puxas”, Kumpfer, Robson, o “perereca caindo”, Ridinho, Russinho (fora os que não foram citados).
-Do outro lado quem é? Bem “confa” total, são muitos mas como toda boa pelada de várzea, tem lugar para todos.

            A galera se agita, as bancadas (afinal se aproveita tudo, a cultura recicla), cheias.

            Comentaristas e convidados especiais

            Tataio (o grande), baba ovo (Arruda pai), Lasier Martins (o cara do choque) e de quebra? O ex juiz de futebol que brigou com a Brigada, obviamente se cuidando dos cães, literalmente treinados.

          
  Entram em campo os nosso heróis. A galera vibra: ehhhhhhhhhhhh.
-Tataio pergunta: Olha que é o primeiro:
-Tataio, aqui no campo em primeiro quem entra é:
-É o Siqueira colando a perereca.
-Lasier que é o segundo?
-Não conheço.
-Algo a dizer Sérgio?
-“Vamo” para ganhar.
-Diz aí Martins.
-Tem um de boné que se diz do time.
-Seu nome?
-Eu sou o Exu Funkeiro, aquele que te deu o choque.
-Tataio...
-Fala Martins.
-Tá entrando um tal de Broda com uma antena nas costas, pode? E o Miguel de bombacha.
-Tataio pergunta: O que ele diz sobre isso?
-Resposta de Miguel: Sou o xucro de Viamão tchê.
-Bah, mas “tamo” morto, diz Lasier.
-Estão pedindo o hino da Vila.
-Grita o Prefeito: Não têm.
-Grizotti entra em ação, onde está o hino?

            Madrinha do time: Carla Rosane, só nos desfiles.

-Pera, quem é o cara lá?
-Responde o repórter.
-A Univias veio também.
-Quer ver alguém derrotado.
-Já meio tonto Tataio diz: meu Deus, e Lasier responte:
-Tu topou:
-Tataio: Tá mas está feia a coisa meu.
-Tem um correndo a mil, cheio de correntes, daqui não dá para ver quem é.
-Fala aí quem puder.
-Alguém grita: É o Guto, escapou do caminhão.
-O Guto, feitoooooooooooo.
E aí vem o Ridi lentamente.
-Olhando mais atrás, quem é aquele ali, Tataio pergunta.
-O vileiro responde: Bah, Tiago Cunha.
-Tataio : têm time?
-Não, é independente.
-Larga a bola.
-Até os espíritos neste momento se animaram.
-O Guri de Uruguaiana veio e disse: Licurgo me dá um mate. Isto está ficando bom.

            O jogo é duro, até porque roubaram a bola.

-Normal alguém disse.
-Alguém grita: Abre CPI.
-Do meio do campo vem a resposta:
-É minha, sou “ex” em tudo, sou dono de tudo. A bola é minha, só entrego com patrocínio.

            Aliviando a barra, entra o mediador:

-Meu queridíssimo leão dourado, eu dou ao senhor.

            Nossa, Tataio a essa altura já perdeu o resto do cabelo.
-Nossa, ali não é do aniversário, diz Tataio.

-Diz Lasier:
-É ele sim, Tataio.
-Chama aí.
-Dá uma palhinha aí para nós.
-Dou (Denardin).
-Ele entrou na festa ou não, pergunta Lasier.
-Na festa? Acho que não. Não vi.
-Acharam a bola, alguém grita.
-Não.
-Sem jogo?
-Por enquanto sim.

            A galera se agita. Guto se enrola nas correntes e diz:

-Fora Univias.
-Pia o passarinho.
-Para quem ganhar este joguinho o encontro será no novo café do Bianchi.
-Grizotti.
-Diga Tataio.
-E a bola?
-Me disseram que a verdadeira virou CC. Coisas.
-Apita o juiz, piiiiiiiiiiiiiiiii.
-Quem apitou?
-Nessas alturas ficou russo.
-Gralha, gralha, gralha. Esta é a torcida da cultura.

            No meio de todo este rolo, Siqueira perdeu a perereca.

-Ficou murcha a coisa Tataio!
-Tá, mas me dá uma posição.
-Tá entrando devagarinho.
-Mas é o cara do Carnaval?
-Ele, diz Lasier.
-Comeu pelas pontas e entra pelo meio.

            O comentarista diz:

-Amigo, está difícil de sair a pelada.

            Mas esta é a moral da história, a pelada rola mas não sai.

-Lá vem a mulherada Tataio, agora estou morto.
-Entrevista aí Lasier.
-E a senhora?
-Eu vim ao bem da defesa da família, pedófilo, “véio” nojento, grita a criatura para o “ex” tudo.
-A gordinha é minha.
-Vai aí Grizotti.
-E a senhora?
-Currupaco, paco, paco.
-Meu Deus o que é isso, pergunta o Lasier.
-É um morango que está vindo para cá.
-É “nóis” fazendo a festa.
-Se salva uma aqui, diz Lasier. Ela vem devagar de salto e usa uma frase sua:
-Voa minha águia, voa.
-Tataio diz: assim não dá, está difícil. E me disseram que esta vila era séria. Gutooooooooooooo (sobrou para ele), é amigo do Tataio.
-Fala, diz baixinho Guto.
-Que baderna é esta diz Tataio.
-Guto: deixa eu me eleger que acabo com isto.
-“Pof”, rolou soco.
-Foi o Russo grita a galera. E cadê o juiz?
-“Tá” segurando a coisa para não rolar.
-Lasier, ô Lasier e aquele ali quem é?
-Olha.

Responde Lasier: dizem que é o Hortelino.
Hortelino, pergunta Tataio.
-Não, não, é Jardelino.
O tempo fecha e alguém diz:
-A partida foi adiada.
-Buhhhh.

Univias vibra, Guto chora, o Siqueira quebra a perereca e Tataio diz:

-Vai que é tua Taffarel.
-Agradecemos a todos os jornalistas e bem baixinho diz:
-Sai daqui Jaeger, depois bato foto contigo.
Vocês irão perguntar, cadê eu? Eu, estou aqui só no bico. E faço alguma pergunta à vocês:

            Vocês viram o médico?

-Está vindo aí, mas esse do médico é para outra.

            Ao fundo se ouve um grito: Alguém saqueou o hino.
            Obs.: o Broda suado solta a antena e o Miguel tira o lenço vermelho e as botas, e toma aquele trago.


Recomendamos