NEANDERTAL

Sucupiriando II

Postada em 2011-02-12, por: Virginia de Azevedo e lida: 2633 vezes!


Sucupiriando II

            Não esqueci do Cotoco não, mas a vila anda a mil. Como disse um amigo meu, de pá em pá vou juntando a merda e colocando no cubo. O “cubo” era a antiga patente volante. Até jogá-la no ventilador literalmente. Cá entre nós, isso me diverte.
            Não se motivados ou não pela mudança na Capital Federal, a vila recebe o efeito cascata. As mudanças foram tantas que ainda estão dando pano para a manga. O novo pasquim vai bem, só estou com um pouco de pena do pé de arruda, que nem tão novo assim é e nunca deu sorte. É assim “ó”: inteligente professor não tem vez. Na rádiodifusão se atracam no pau e a vida do intendente vem à tona. Nepotismo. A coisa mudou de nome, de namorada virou nepotismo. O gato mia e dedura: a filha também trabalha lá. CALA A BOCA e ainda quer ser o que? Vereador. Te mete.
            Voltando a real o da cruz volta beatificado da terra santa, Jerusalém e, faz questão de dizer que a vila é dirigida por todos. Quem é o próximo então?
            CAPITÃO NASCIMENTO E SEUS CAVEIRAS. É um jogo de xadrez incrível. Depois de vários avisos um órgão aí que abastece as pessoas com um líquido, incípedo, incolor e inodoro “tá” sestroso. Manda o currículo, quem sabe não sai o bate-bola na mesma? Continuo dizendo, júlio é frio. Quem manda é o Dutra. Quem disse que não tem chefe, ele é frio e índio. O pior de tudo é que ninguém presta na Cultura. Um tem a perereca solta, emagreceu. O outro é sem-terra, o da galinha assume, e de sabatista nada tem, foi sambar. Dá tempo ao cara eu segurei o pau certo. Engole gato.
            Dentro da difusão entre babas e fofocas, retornam os antigos. “Não volto mais”. “Não quero mais ver a cara dele” mas, estão aí tomando chá na mesa do bar. Só dá lima e laranja, fazer o que? E alguém me pergunta: tu escuta? Bah? E como.
            Sucupiriando mais ao fundo bateram agora no de Cachoeira tadinho, eu avisei, não ouviu. Ele parece um cão farejador (o gato). Acha as pessoas em qualquer lugar e continua falando no aniversário que passou só, mas passou. “Alzheimer”. Estes dias levou um Jornal O Sul para casa, encantado no bumbum de uma atriz. Pode?
            Conselho: Cuidado à todos que estão sugando os IPTUs da vida.
            Agradecendo: ao intendente e/ou assessores pelas mensagens porém, não vou à inauguração de sinaleiras, pois não sou azulzinho. Mas uma coisa eu descobri, quem responde o orkut é batuqueiro. Deixou furo eu puxo. De horóscopo em horóscopo a carola joga búzios.

            Agradecimento ao Escobar:

            Cara, não receberei nunca o troféu, eles me engolem, mas valeu. Ninguém sabe da lei, a liminar ganhou.

            Pérolas da rádio:

            “Vem com nós”. “Obrigado aos que nos houve todo o dia”. “Fique com nós”. Aí não dá, fere o ouvido. Cultura não é “curtura”.

Tem gente recebendo em rpa. O que é isso? Sei lá.

            Parabéns ao pasquim e ao alemão. O que está errado tem que ser mostrado. Bem o cubo está vazio, mas há pérolas a serem buscadas bem no fundo.

            Glossário:

            A vila = Viamão
            A cruz = o Vice
            O intendente = o Prefeito
            A radiodifusão = quem acertar ganha um doce.
           
            Obs1.: Quando entro no msn, vejo o Sarico sempre on-line. Hummmm.
            Obs2.: Te cuida Mano, tem um cara aí querendo o teu lugar.
           
            E cadê o Cotoco? O cotoco foi atirado no mar, porque pensaram que ele era um Quelônio, ou seja, uma tartaruga. Depois da escolha da côrte todo mundo estava bêbado. Te cuida Ademir, a tia não solta.

 

 


Recomendamos